quarta-feira, 3 de outubro de 2018

3º Congresso de Mulheres // Tempo de viver as Promessas 🌼


Atenção mulheres! 🌼

Está chegando mais um "Congresso de Mulheres"  da nossa paróquia! Então vai se preparando pra ser tremendamente abençoada. Cremos que estamos vivendo o ano do cumprimento da Promessa e foi baseada nessa certeza, que a liderança do ministério foi encorajada, por Deus a fazer tudo pensando nisso, para que cada uma que participe tenha essa mesma certeza. O tema deste ano é "Tempo de viver as Promessas" e estamos com um time de peso! Se liga nessa programação: 

📅 Data: 20/10/2018 (Sábado)
⛪Local: IEC - Paróquia Betesda
📖Preletoras:  - Cris Catel (Família 61)
                        - Susy Balbino (IEC - Catedral da Trindade)
                        - Márcia Escobar (Família 61)
                        - Fátima Prestelo (Presbiteriana em Caruaru)
📋 Inscrições: Podem ser feitas nos horários dos cultos, ou on-line (no link abaixo)
💰Valor: R$ 40,00 (Inclusos neste valor estão toda a programação do Congresso + Blusa com o tema + Almoço)

Tudo está sendo preparado com muito carinho, não perde essa oportunidade!



sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Mais que vencedores!

A cada dia encontramos um desafio diferente. Quando pensamos que estamos vencendo uma luta, outro problema se levanta para nos testar. Por isso é preciso perseverança. Sabemos que em Cristo “somos mais que vencedores” (Romanos 8.37), contudo para vencer a guerra é preciso conquistar uma batalha de cada vez.

Davi se tornou um grande guerreiro. Mas sua primeira profissão era pastor de ovelhas o que pode até parecer um trabalho tranquilo, mas na verdade era perigoso. Precisava defender seu rebanho todos os dias e para isso enfrentava naturalmente lobos, cães selvagens e serpentes vorazes. Todos os dias tinha algo para resolver e sua luta era interminável. Sua vigilância era tanta que nem descansava. Em algumas situações, teve que enfrentar leões e ursos que foram os maiores desafios até então. Davi não sabia que teria algo maior ainda para vencer. Lutaria contra gigantes, exércitos e seria um guerreiro constante.

Na verdade precisamos lutar para não nos acomodar. A luta ou desafios da vida servem para nos despertar para continuarmos sempre vigilantes. Se você tem lutado saiba que você é um guerreiro e se for um guerreiro certamente será um vencedor.

O capítulo 17 do livro de 1 Samuel nos mostra como Davi, um jovem pastor de ovelhas, derrotou Golias, o gigante guerreiro filisteu que aterrorizava o exército e o povo de Israel. Com uma funda, Davi atirou uma pedra na cabeça do desafiante e, após matá-lo, arrancou a cabeça do inimigo.

Contudo, para que Golias fosse derrotado, o jovem Davi teve que passar por outras situações que o ajudaram na tomada de posições e atitudes que fizeram toda a diferença e permitiram que ele desafiasse aquele gigante. É provável que você também esteja lutando contra alguns gigantes, que estão te desafiando em questões financeiras, familiares, de saúde, trabalho, etc. Vamos, então, aprender com Davi a derrubar qualquer um deles:

1) Acredite no livramento do Senhor
Davi acreditava que o mesmo Deus que o capacitou para matar um urso e um leão também o capacitaria diante de Golias; e ele acertou ao acreditar nisso. O Senhor está sempre disposto a dar a vitória àqueles que passam a vida desafiando gigantes em Seu nome. Isso agrada o coração do Pai. Ao permitir que Jesus fosse levado à cruz, Deus entregou em nossas mãos as pedras necessárias para que todos os “Golias” fossem derrubados.

A luta pela qual você está passando é muito grande? Você olha para os lados e não consegue enxergar nenhuma solução? A situação é muito impossível? Lembre-se que a sua vitória é certa, pois já foi conquistada na cruz.
A luta vai passar, deserto não é lugar de morada... é só passagem! Basta acreditar que Deus pode todas as coisas (Filipenses 4:13).

2) A Batalha é do Senhor
Ao afrontar o exército de Israel, Golias não afrontou um exército qualquer; Ele desafiou o exército do Deus vivo! Os filisteus acreditavam que aquele povo era um povo qualquer, mas não era! Aquele era o povo eleito pelo Senhor dos senhores! Da mesma forma, nós somos aqueles que carregam a marca de Jesus e não somos qualquer um. Fazemos parte de um exército cujo Senhor nunca perdeu uma batalha sequer. No dicionário de Deus não existe a palavra derrota!

Lembre-se que você nunca está sozinho e que é muito importante para Deus. O inimigo sabe que já foi derrotado pelo sangue de Cristo, mas, mesmo assim, tenta desviar a sua atenção para que você não enxergue a vitória. Ele usa as dificuldades e as aflições para que você desista. Ele usa gigantes para confundir, é neste momentos que você precisa lembrar que o Senhor peleja por aqueles que O ama, Ele vai lutar por você (Deuteronômio 20:4).

3) Não encare seu problema como um gigante
Ao lermos todo o capítulo 17 de 1 Samuel, podemos notar que, em momento algum, Davi o chamou de gigante; ele sempre se referia a Golias como um filisteu, um homem comum que estava prestes a ser derrotado e degolado. Davi colocou seu adversário no mesmo nível do leão e do urso que havia derrotado antes, o encarou como mais um obstáculo a ser vencido.

Davi nos ensina que não se deve dar muita importância ao problema. Não o encare como um gigante. Se a dificuldade está diante de você, é para você lutar e vencer! Deus já te concedeu muitas vitórias antes, por isso tenha a certeza de que Ele te concederá outras (2 Coríntios 4:17).


CONCLUSÃO:
Se você ainda está olhando somente para o tamanho do seu problema, volte os seus olhos para o céu agora mesmo e lembre-se que existe um Deus que quer lutar no seu lugar. Um Deus que te diz: "atire a pedra, Eu te darei a vitória!". Creia que, pelo sangue de Jesus, você pode ser um matador de gigantes!
 Rev. Marcel RMSS
Semana de Imersão - Setembro 2018

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Prepare-se para Pesca Maravilhosa

 "E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede" Lucas 5:5.

Um dia, o Jesus caminhando pela margem, uma multidão o apertava para ouvir mais uma de suas pregações. Dois barcos estavam amarrados na praia, e os pescadores, a quem eles pertenciam, lavavam e limpavam as redes, como é de costume depois de cada pesca.

Jesus entrou em um dos barcos, pediu-lhe que o afastasse um pouco da terra; e, assentando-se, ensinava do barco a multidão. Quando acabou de pregar daquele "púlpito" improvisado, (que devia balançar suave), Jesus deu duas orientações a Simão: "Faze-te ao mar alto, e lançai as vossas redes para pescar". Simão respondeu ao Senhor: "Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede".

Na perspectiva humana, Pedro poderia ter falado o seguinte: "Sou pescador com vasta experiência, sei o melhor horário para pescar, que é o turno da noite, não adianta mais... estamos cansados, já lavamos as redes... não vale a pena tentar!"

Quantas vezes colocamos o nosso desejo, conhecimento técnico ou diplomas em primeiro lugar, sem alcançarmos o resultado desejado? O próprio Jesus, nos orienta em Mateus 6:33 "Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas".

O caminho para alcançarmos à prosperidade do Senhor é a obediência a sua Palavra! Simão Pedro e sua equipe de pescadores obedeceram à voz do Senhor Jesus, e colheram uma grande quantidade de peixes, e rompia-se-lhes a rede.

A bênção, o milagre foi tão grande que foi necessário pedir ajude dos companheiros do outro barco. E foram e encheram ambos os barcos, de maneira tal que quase iam a pique. O fracasso virou alegria, a derrota tornou-se em festa, a tristeza virou felicidade!

O milagre exagerado, extraordinário veio acompanhado de uma convocação grandiosa: "E disse Jesus a Simão: Não temas; de agora em diante serás pescador de homens" Lucas 5:10. 

A Palavra de Jesus mudou o fracasso momentâneo da pesca de Simão e de seus companheiros, mas o convocação que Jesus fez, mudou a vida de Simão e tem mudado vidas até hoje! 


Não só o milagre, não é só a bênção... Jesus tem muito mais para nossas vidas! Você está preparado para a pesca maravilhosa? Obedeça a voz do Senhor e seja surpreendido por Ele!

"E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do Senhor teu Deus" Deuteronômio 28:2.


Rev. Marcel RMSS
Semana de Imersão - Setembro 2018

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Jesus Acalma a Tempestade


"Naquele dia, ao anoitecer, disse ele aos seus discípulos: "Vamos atravessar para o outro lado". Deixando a multidão, eles o levaram no barco, assim como estava. Outros barcos também o acompanhavam. Levantou-se um forte vendaval, e as ondas se lançavam sobre o barco, de forma que este foi se enchendo de água. Jesus estava na popa, dormindo com a cabeça sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e clamaram: "Mestre, não te importas que morramos?" Ele se levantou, repreendeu o vento e disse ao mar: "Aquiete-se! Acalme-se! "O vento se aquietou, e fez-se completa bonança. Então perguntou aos seus discípulos: "Por que vocês estão com tanto medo? Ainda não têm fé?" Eles estavam apavorados e perguntavam uns aos outros: "Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?"Marcos 4:35-41


O mar da Galileia é na verdade um grande lago (166 Km2) cercado por um anel de montanhas. Foi cientificamente provado que esta posição geográfica única é diretamente responsável pelas tempestades que acontecem no lago durante as últimas horas do dia. Essa condição ainda existe até hoje e os pescadores locais exercem muita cautela.

Os discípulos também estavam muito exausto depois de um longo dia de ministério, o pedido de Jesus não parece justo para eles. Todos esses fatores levam somente a uma conclusão. Jesus direcionou seus discípulos para uma tempestade consciente e deliberadamente! Por que Jesus faria algo assim?

A resposta é encontrada na repreensão de Jesus aos discípulos ("Você ainda não têm fé?") É claro que eles tinham fé. Mas, não em Jesus...

Alguns de nós somos como os discípulos. Nós temos fé. Mas está fora de lugar. A reflexão de hoje é sobre: como está a nossa fé? está em Jesus?

1. A Tempestade 
A. A maioria dos discípulos era ex-pescadores. Eles estavam familiarizados com o mar da Galileia. Eles haviam superado muitas tempestades antes.
B. Eles acreditavam na experiência, força e habilidades. Afinal de contas Jesus era um carpinteiro. O que ele sabia sobre as tempestades e águas?
C. Nós também colocamos a nossa fé em nossa própria força e habilidades cada vez que tomamos o assunto em nossas próprias mãos, sem reconhecer o senhorio de Jesus em nossa vida.

2. O Pânico
A. Em Marcos 4:40 deixa claro que estavam em pânico. O pânico nos leva ao desespero, nos tira da razão... é diferente da emoção normal de medo que surge no perigo.
B. Colocar a fé em si mesmo é muito perigoso, porque nós começamos a entrar em pânico quando confrontados com situações que fogem ao nosso controle.
C. Quando entramos em pânico qualquer desculpa serve, qualquer argumento está certo, a fé perde o valor, a razão sai de cena e entra a emoção. Nós transferimos a culpa para os outros, como os discípulos, "...não te importa que pereçamos?".
"...Porque Deus não nos deu um espírito de covardia, mas de poder, amor e autocontrole..." (2 Timóteo 1:7).

3. Mentiras
A. A pergunta "quem é esse?" Implica que os discípulos não sabiam que Jesus era mais que um rabino, milagreiro e um profeta.
B. Conhecer a metade da verdade é acreditar em uma mentira. Os discípulos não sabiam toda a verdade sobre o seu mestre. Assim, eles acreditavam na mentira que Jesus não se importava.C. A maioria dos cristãos conhece apenas o que os outros dizem sobre Deus. Não é errado aprender com os outros. Mas é preciso conhecer Deus pessoalmente. É necessário ter intimidade, ter vivência com Ele!
"As minhas ovelhas reconhecem a minha voz, eu as conheço, e elas me seguem" (João 10:27)

Os discípulos acreditaram que Jesus não se importava. Estavam tão acostumados com o desdém humano que transferiu o mesmo pensamento para Deus. Jesus é 100% Deus e 100% humano, mas apesar de ser humano, o seu caráter é igual ao de Deus. Ele não mente, não abandona, não se engana, não falha... Ele é Fiel! 

Somos propensos a acreditar nas mentiras de Satanás a menos que conheçamos a Deus pessoalmente. A intimidade não ocorre da noite para o dia. É um processo ao longo da vida, onde você todos os dias vive algo novo com Deus. 

Tenha uma disciplina espiritual! Jesus já está no seu barco, Ele não deseja uma corona... Ele quer ser o condutor do teu barco (vida), Ele operou diversos milagres, ensinou, mas agora é sua vez de ter uma experiência sobrenatural com Ele!

Jesus está no barco...

Rev. Marcel RMSS
Semana de Imersão - Setembro 2018

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Tanque de Betesda

"Algum tempo depois, Jesus subiu a Jerusalém para uma festa dos judeus. Há em Jerusalém, perto da porta das Ovelhas, um tanque que, em aramaico, é chamado Betesda, tendo cinco entradas em volta. Ali costumava ficar grande número de pessoas doentes e inválidas: cegos, mancos e paralíticos. Eles esperavam um movimento nas águas. De vez em quando descia um anjo do Senhor e agitava as águas. O primeiro que entrasse no tanque, depois de agitada as águas, era curado de qualquer doença que tivesse. Um dos que estavam ali era paralítico fazia trinta e oito anos. Quando o viu deitado e soube que ele vivia naquele estado durante tanto tempo, Jesus lhe perguntou: 'Você quer ser curado?' Disse o paralítico: 'Senhor, não tenho ninguém que me ajude a entrar no tanque quando a água é agitada. Enquanto estou tentando entrar, outro chega antes de mim'. Então Jesus lhe disse: 'Levante-se! Pegue a sua maca e ande'. Imediatamente o homem ficou curado, pegou a maca e começou a andar. Isso aconteceu num sábado'" João 5:1-9


Essa é uma das histórias que mais amo na Bíblia, não só porque leva Betesda (o nome de nossa Paróquia), mas pelo rico aprendizado sobre os milagres de Jesus em nossas vidas. Esta história mostra que a solução de nossos problemas também depende de nós. Gostaria de te levar a meditar através dos 03 pontos:


1) Esteja no lugar certo - Para que certas coisas aconteçam em nossas vidas, precisamos estar no lugar certo. O paralítico dessa passagem poderia estar em sua casa, numa rua pedindo esmolas, na porta do tempo clamando pela misericórdia das pessoas... Contudo, ele estava ao lado do tanque, esperando pelo seu milagre.

Quantas vezes você orou e esperou por uma resposta de Deus, mas ficou acomodado no sofá de sua casa e não foi ao lugar onde você poderia receber os milagres? Se você realmente deseja algo sobrenatural da parte de Jesus, você precisa, mesmo com todas as dificuldades, sair da zona de conforto e ir ao encontro da bênção. Não desista de orar, não desista de jejuar, não desista de louvar... Não desista! 

2) Espere o tempo certo - Não basta apenas estarmos no lugar certo; devemos esperar pelo tempo certo. A Bíblia relata que aquele homem esperou 38 anos por aquele milagre! Eu nem cheguei aos 38 anos de idade e já perdi as contas de quantas vezes fiquei triste, desanimado e ansioso porque algo pareceu demorar para acontecer na minha vida!


É provável que você já tenha ido algumas vezes para a Igreja em busca do seu milagre, mas, por não ter recebido nada, acabou desistindo. Mas Jesus, através dessa história, está dizendo que está na hora de você voltar; renovar sua esperança e esperar com fé, pois o Senhor, no tempo certo, vai agir em sua vida!
3) Conte com a pessoa certa - Em terceiro lugar, é preciso entender que, embora estejamos no lugar certo e aguardando pacientemente o tempo de Deus, não será qualquer pessoa que irá nos ajudar a alcançar esse milagre. Por isso, devemos falar com a pessoa certa para que as coisas aconteçam.


Enquanto esperava no lugar certo, o paralítico via várias pessoas conhecidas passarem por ele todos os dias. Mas acredito que ninguém ali deseja ajuda-lo, pois quem estava ali também precisava de milagre... 38 anos e ninguém o levou até o tanque. Isso nos lembra que não adiantar está arrodeado de pessoas, se nenhuma delas faz a diferença em nossa vida.

Acredito que você já tenha escutado isto, mas vou repetir... Não conte seu problema para qualquer um! Ainda que alguém tenha a boa intenção, poucos podem fazer algo. Então, evite se decepcionar contando seus problemas e dificuldades para todo mundo, como se qualquer pessoa pudesse resolver a sua situação. Pense um pouco: se seu problema pudesse ser solucionado por qualquer um, você mesmo já teria resolvido, não é mesmo?

Conclusão
Diante desta inspiradora história onde a presença de Jesus fez toda a diferença, gostaria de concluir lembrando a você que Deus, no Seu tempo, irá realizar o milagre que tanto precisamos. Mas para que isso aconteça, não podemos desistir, desanimar, perder a fé e não confiar mais nossas lutas e dores aos homens mais a Ele. 

A quanto tempo você está esperando o milagre? Ore, não desista... Jesus está chegando!

Rev. Marcel RMSS
Semana de imersão - Setembro 2018

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

07 Conselhos para uma Vida Espiritual Saudável

"Alegrem-se sempre.
Orem continuamente.
Dêem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus.
Não apaguem o Espírito.
Não tratem com desprezo as profecias,
mas ponham à prova todas as coisas e fiquem com o que é bom.
Afastem-se de toda forma de mal."
1 Tessalonicenses 5:16-22 NVI



Fomos chamados por Deus para vivermos uma vida espiritual abençoada, e não para sobrevivermos espiritualmente. Precisamos aprender a viver a vida para não parecer que estamos apenas sobrevivendo. O Apostolo Paulo dá sete conselhos à igreja de Tessalônica para que ela desfrutasse uma vida espiritual saudável e um ministério frutífero. Vejamos:

1º. Alegrar-se continuamente - “Regozijai-vos sempre” (v.16).

Precisamos viver uma vida de alegria e regozijo no Senhor, sabendo que todas as coisas cooperam para o bem daqueles amam a Deus (Rm 8.28).

2º. Oração perseverante - “Orai sem cessar” (5.17).

Orar é muito mais do que decorar frases de oração, orar é buscar a Deus verdadeiramente. Orar sem cessar é buscar a Deus constantemente, quantas vezes forem necessárias durante o dia, é reservar um bom tempo para falar com Deus. Tem muita gente que só busca a Deus quando a coisa aperta para o seu lado. Quem não conhece o caminho da oração não tem vida espiritual saudável.

Veja como procedia na igreja primitiva quando Pedro:“Pedro, pois, estava guardado no cárcere; mas havia oração incessante a Deus por parte da igreja a favor dele” (At 12.5).

3º. Ser agradecido por tudo - “Em tudo dai graças” (v.18).

Somos bons para pedir, mas, péssimos para agradecer. A gratidão mantém os céus abertos, enquanto que a ingratidão torna os céus fechados para nós. Ademais somos tendenciosos a agradecer as coisas boas que recebemos e reclamarmos das más coisas que nos sobrevêm. Porém a Bíblia generaliza: Por tudo dai graças. Sejamos gratos! 

4º. Preservar a unção e os dons do Espírito Santo - “Não extingais o Espírito” (5.19).

O Espírito Santo é quem gera em nós todo o poder necessário para vencermos as tribulações e adversidades da vida, como também é aquele que nos capacita para o uso dos dons espirituais; para um ministério eficaz e uma vida abundante em Cristo. Por isso precisamos do fogo do Espírito Santo ardendo dentro de nós. 
Medite também nos textos: Efésios 5:18   /    Atos 1:8   /   Mateus 28:18.

5º. Acolher e valorizara palavra profética - “Não desprezeis as profecias” (5.20).

A Bíblia fala sobre o dom profético, mas fala também sobre pastores e mestres que profetizam e ensinam a igreja através da Palavra bíblica profética de Deus. Quando desprezamos o ensino bíblico e menosprezamos o dom profético estamos desprezando suas profecias. 

6º. Examinar tudo e escolher o que for bom - “Examinai tudo. Retende o bem” (v.21).

Devemos aprender a filtrar tudo àquilo que está sendo ensinado e ministrado. Precisamos também aprender a conviver bem com todas as pessoas e a tirar lições para nós diante dos seus erros e virtudes, reconhecendo que todos nós somos compostos de boas e más qualidades. A vantagem é que as nossas qualidades geralmente são maiores que os nossos erros.

7º. Rejeitar o mal fazendo escolhas sábias - “Abstende-vos de toda sorte de mal” (5.22).
Precisamos aprender a ser mais tolerantes e compassivos diante dos erros dos outros. Muitas vezes nos tornamos radicais e implacáveis diante do primeiro erro ou falha do irmão, e por isso o julgamos indigno de merecer o nosso perdão. Outras vezes guardamos mágoas, rancores e ressentimentos de pessoas dentro de nós, nos tornamos amargos, doentes interiormente e emocionalmente fragilizados. A fórmula do remédio para a cura deste mal é o que chamamos de “perdão”.


Coloquemos estes conselhos em prática para que possamos desfrutar uma vida alegre, curada e saudável espiritualmente na presença do Senhor. Observe o que o apostolo Paulo afirma nos versos 23 e 24:“O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. Fiel é o que vos chama, o qual também o fará”

Rev. Marcel RMSS
Semana de Imersão Setembro 2018

Igreja Episcopal Carismática do Brasil • Paróquia Betesda

Rua Catulo da Paixão Cearense, Nº 350, Jardim Atlântico, Olinda - PE
paroquiabetesda@gmail.com